top of page

Indicação de Livros: Mastering Metrics


“Os economistas revolucionaram a pesquisa empírica nas ciências sociais e melhoraram a capacidade da comunidade de pesquisa de responder a perguntas de grande importância”

A pedido de vocês criei uma seção de Indicação de Livros sobre Economia, Métodos e Ciências de Dados. Todo dia 15 vou trazer pra vocês indicações de leituras que foram e ainda são importantes para a minha formação.

A primeira indicação, aproveitando o Anúncio do Nobel de Economia de 2021, é o Mastering Metrics de Joshua Angrist, um dos mais recentes laureados com o Nobel, e Jörn-Steffen Pischke . A frase do início do post é do júri do Prêmio Nobel de Economia de 2021 e resume o porquê da minha admiração pelo trabalho do Joshua Angrist.


Meu apreço pelo Angrist vem desde que fui apresentado à esse livro em 2019 pelo meu orientador de doutorado, Alexandre Gori, que havia feito um curso com Angrist em 2018 (Gori conta sobre isso aqui no blog dele). Minha caminhada no mestrado havia sido incrível e, se a minha jornada no doutorado já estava sendo transformadora pela oportunidade de trabalhar com Gori, poder aprender também direta e indiretamente com Angrist foi e tem sido uma oportunidade sensacional.


O grande mérito do Mastering Metrics não é somente a analogia ao Kung Fu como caminho de aprendizado, que realmente torna a leitura bem divertida. Mas o livro vai além e apresenta os Cinco Métodos Furiosos aplicados à problemas reais que só foram respondidos por meio dessas inovações metodológicas importantes.


Um exemplo é a exposição de Variáveis Instrumentais para responder ao problema da Bomba Populacional de Paul Ehrlich. Na maioria dos casos é possível observar uma correlação entre o tamanho médio das famílias e indicadores de desenvolvimento de um país. Mas essa correlação implica causalidade? Responder isso é importante, já que entender melhor essa relação é relevante para melhorar a vida das pessoas. A solução vem com a utilização da distribuição de sexo biológico dos filhos como variáveis instrumentais para o tamanho da família. Não seria seu primeiro palpite, né?


Em um artigo recente (leia de graça aqui), Alexandre Gori Maia, Letícia Marteleto, Cristina Rodrigues e Luiz Gustavo Sereno utilizaram estratégias semelhantes para entender se a dicotomia entre salvar vidas e salvar a economia era real. Nesse caso, foram utilizadas como variáveis instrumentais dados climáticos. Isso mesmo, dados de chuva e temperatura.

Quer aprender mais sobre a utilização de Variáveis Instrumentais e dos outros métodos dos Cinco Furiosos? Aproveite o preço especial da Amazon aqui!


No próximo dia 15 tem mais indicação de livros. Inclusive, o livro já foi escolhido e eu deixei um spoiler nesse post!


Links úteis:

16 views0 comments

Recent Posts

See All

Comments


bottom of page